Consultores Disponíveis Agora

Abraão Sensitivo

Sensitivo, Numerologia Pitagórica e Cabalística, Tarot e Baralho Cigano.

Alyra

Mediunidade Intuitiva e Baralho Maria Padilha

Atena Taróloga

Intuitiva, Tarot Smith Waite e Lenormand (Baralho Cigano).

Azura

Vidente, Reiki, Tarot Marselha, Tarot Cigano, Pêndulo, Radiestesia, Florais e Mesas Radiônicas

Bento

Vidente, Baralho de Dona Maria Padilha e Sr. Zé Pelintra, Tarot de Marselha, Petit Lennormand, Tarot de Waite, Tarot Mitológico

Celina

Pedagoga, Numeróloga, Tarot, Baralho Cigano e Pêndulo.

Cigana Anita

Percepção Mediúnica, Tarot e Baralho Cigano.

Cigana Kaline

Clarividente, Sensitiva, Psicanalista, Baralho Cigano e Mesa Radiônica Psicogerador.

Fabi Taróloga

Terapeuta Holística, Vidente, Apometria de Ancoragem, Tarô Rider Waite, Tarô Egípcio, Tarô Mitológico, Radiestesia

Felícia Cigana

Psicanalista, Tarot Mitológico e Tarot de Marselha.

Fernanda

Psicoterapeuta Holística, Reiki Xamânico, Oráculo dos Anjos, The Fairy Tale Tarot, Cura Prânica, Florais Etéricos Xamânicos

Helena

Reiki I+II, Tarot Rider Waite, Baralho Cigano, Aromaterapia e Terapia com os cristais.

Juliana Luz

Numerologia Cabalística, Constelação Familiar, Radiestesia, Tarot Mitológico e Mesa Radiônica.

Madalyna

Vidência, Astrologia, Numerologia Cabalística, Baralho Cigano, Oráculo da Deusa, Oráculo de Belline, Pêndulo de Cristal.

Makum

Terapeuta de Vidas Passadas, Baralho Cigano, Cromoterapia, Cristaloterapia.

Maryna

Sensitiva, Psicopedagoga, Const. Familiar, Esp. Emagrecimento Sistêmico, Numeróloga, Tarot de Rider Waite

Médium Aloísio

Médium, Baralho Cigano e Tarot de Marselha.

Megan

Vidência, Baralho Cigano e Runas.

Nara

Terapeuta Holística, Clarividência, Bibliomancia, Tarot dos Guardiões, Baralho Cigano de Maria Padilha

Últimos Artigos

Apontar as próprias falhas pode ser uma maneira saudável de aumentar a autoconsciência e alcançar melhorias, mas também pode ser uma barreira para a autoestima e a paz de espírito. Em excesso, nos tornamos autocríticos.

A autocrítica é a tendência de se avaliar com severidade. Pessoas autocríticas estão sempre examinando a si mesmas e seu desempenho na maioria das áreas de sua vida, têm muito medo do fracasso e da rejeição, sentem muita culpa, costumam priorizar as conquistas em vez da conexão social, tendo dificuldade em se relacionar de forma mais íntima.

Uma autoestima saudável nos ajuda a enfrentar a realidade, pensar racionalmente sobre o motivo do fracasso e resolver problemas em vez de nos culparmos e desistir.

A autocrítica abala a autoestima, que por sua vez pode afetar diversas áreas de nossas vidas: um estudo mostrou que pessoas com autoestima alta costumam atribuir o fracasso em provas a fatores como não estudar bastante, ou a não se dedicar tanto na matéria que caiu. Por outro lado, pessoas com baixa autoestima costumam se achar "estúpidas" e acreditar que provavelmente também falharão em todos as provas futuras.

Não tenha vergonha de suas lutas e dores. "A vergonha corrói aquela parte de nós que acredita que somos capazes de mudar." - Brené Brown

Tente substituir pensamentos do tipo "eu sou feia/feio/horrível/uma bagunça" ou "eu não sou uma boa mãe/pai/filha/ filho" por "estou aprendendo a ser mais gentil comigo mesmo", "eu sou uma pessoa gentil", "estou fazendo o melhor que posso agora", e "estou comprometido em melhorar".

Ao fazer uma autoavaliação saudável para substituir a autocrítica, aprimoramos as conexões neuronais em nosso cérebro para nos engajarmos em uma autoavaliação saudável, criando e fortalecendo novos padrões em nosso cérebro, levando a novos hábitos em nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos.

Parar com pensamentos autocríticos não é algo que possa ser mudado da noite para o dia. Identificar e se lembrar dos seus pontos fortes pode te ajudar a recuperar a confiança. (Texto de Thiago Sian)

Próximo Artigo Ver Todos os Artigos
Conselhos do Bem utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação Saiba mais »