Consultores Disponíveis Agora

Abraão Sensitivo

Sensitivo, Numerologia Pitagórica e Cabalística, Tarot e Baralho Cigano.

Aisha

Psicanalista, Baralho Cigano, Baralho de Maria Padilha, Tarô de Marselha, Sinastria Amorosa e Mesa Radiônica.

Andréia

Terapeuta Holística, Psicanálise Integrativa, Tarot de Osho, Tarot da Astrologia, Tarot Videntes da Luz e Florais de Saint Germain.

Andrielle Cigana

Vidente, Baralho Cigano, Leitura de Copo d'Água e Cartomancia Tradicional

Atena Taróloga

Intuitiva, Tarot Smith Waite e Lenormand (Baralho Cigano).

Celina

Pedagoga, Numeróloga, Tarot, Baralho Cigano e Pêndulo.

Hécate

Vidente, Terapeuta Holística, Tarot de Maria Padilha, Tarot de Maria Mulambo, Tarot do Amor e Tarot de Marselha

Helena

Reiki I+II, Tarot Rider Waite, Baralho Cigano, Aromaterapia e Terapia com os cristais.

Taróloga Giovanna

Tarot de Waite, Runas Nórdicas e Mesa Radiônica.

Últimos Artigos

As terapias holísticas, também conhecidas como terapias integrativas ou alternativas, compreende a saúde como um todo. Portanto, abrange os aspectos emocionais, físicos, mentais e espirituais. Sendo assim, ajuda uma pessoa a encontrar a raiz do seu problema, mostrando o caminho do autoconhecimento e evolução pessoal.

Hoje em dia, há diversos tipos de terapias que podem ser consideradas holísticas. Porém, elas não são muito conhecidas. As mais apreciadas são a Reiki, Florais e Meditação.

Neste material vamos falar mais sobre as terapias holísticas. Por isso, continue acompanhando para entender melhor sobre esses tratamentos alternativos que são muito benéficos para o nosso corpo. Boa leitura!

 

Afinal, o que são terapias holísticas?

Para explicar o que são terapias holísticas é necessário entender o que quer dizer o termo holístico. “Holus” é uma palavra grega e que significa todo, inteiro, o que reúne elementos para compor o todo e que defende uma visão integral, sendo um entendimento geral dos fenômenos. Portanto, a holística é referente ao holismo, que é uma corrente que interpreta os fenômenos do ponto de vista das múltiplas interações que o identifica.

Sendo assim, dentro da abordagem holística as partes e o todo estão interligados através de constantes interconexões. Por isso, cada fato, situação ou indivíduo estão relacionados entre si, produzindo sempre novas relações e fenômenos. Isso interfere nos processos um do outro, comprometendo o todo.

Desse modo, a perspectiva holística traz uma superação dos antigos paradigmas e crenças limitantes. Ao analisar estudos e atividades terapêuticas, faz-se uma comparação, de modo a direcionar o indivíduo a ampliar sua consciência para que o mesmo se autoconheça, ajustando seus padrões energéticos. Portanto, ele abre a sua mente para infinitas possibilidades que há no Universo.

Dentro das Terapias Holísticas, o trabalho foca no ser humano como um ser integral, complexo, composto de um corpo físico e energético. Mas que também possui uma individualidade inteligente, porém, que deve ser tratado de forma conjunta.

Levando em consideração esse aspecto, a doença do corpo físico é o reflexo da somatização das desarmonias entradas dentro dos corpos energéticos e/ou emocionais. Dessa forma, o tratamento com as Terapias Holísticas, também conhecidas como complementares, tem o objetivo de tratar não somente as dores ou desajustes do corpo físico. Porém, o que determina essa causa.

Contudo, o tratamento é para desenvolver um vínculo terapêutico sério, respeitoso e de acolhimento. Mas que junte indivíduo, família e terapeuta.

 

Como funcionam as terapias holísticas?

De acordo com as terapias holísticas, uma doença ou desajuste surge em função do desequilíbrio energético. Especialmente na mente do indivíduo, que gera pensamentos pesados, negativos, infelizes que resultam na disfunção de todo o corpo.

Para a Física Quântica, todo o pensamento gera uma emoção e, portanto, ela, em especial a negativa, proporciona um desequilíbrio das energias vibracionais do ser humano. Portanto, resulta em doenças, dores e disfunções.

Para nível de conhecimento, a Física Quântica surgiu do estudo do átomo e das partículas subatômicas, proporcionando a compreensão das propriedades microscópicas do Universo. Os cientistas provaram que o elétron se comporta ora como partícula, ora como onda.

Sendo assim, se tudo o que existe no mundo é formado por átomos, que contém os elétrons, eles apresentam a dualidade onda-partícula e comprovam que a energia é igual a massa. Porém, varia a velocidade, podendo dizer que tudo o que existe na Terra é energia.

Por isso, se o ser humano também é um corpo energético, com variáveis que vibram, as terapias holísticas são de fundamental importância para o nosso equilíbrio. Contudo, dentro da Física Quântica, ainda coloca o ser humano como interconectado, afinal, somos energia fazendo parte de um todo. Portanto, toda vez que existe um desequilíbrio em uma das nossas partes, o todo é afetado.

Dessa forma, o trabalho das terapias holísticas é algo sério e benéfico. Afinal, seu principal intuito é direcionar a pessoa para despertar a sua consciência, levando ao autoconhecimento. A partir daí, ela vai chegar ao equilíbrio dos corpos físico, emocional, espiritual e mental. Isso porque haverá uma harmonização dos recursos energéticos, transformando a desarmonia em saúde e conhecimento.

Outro ponto que é firmado dentro das terapias holísticas é o que as doenças e os desequilíbrios energéticos começam no momento em que a pessoa perde a fé nele mesmo. Afinal, não possui mais confiança em sua capacidade e, com isso, perde a esperança e a alegria de viver. Portanto, isso leva a uma diminuição drástica do padrão vibratório e ao desligamento do espírito. Dessa forma, começa a haver conflitos e desajustes no campo energético do indivíduo.

Quando usamos as diversas práticas que há dentro das terapias holísticas, podemos detectar no corpo energético da pessoa as alterações que comprometem o seu estado. Ou seja, identificamos o desequilíbrio entre o físico e o emocional. Por isso, buscamos auxiliá-lo e orientá-lo a fazer os ajustes necessários para o seu equilíbrio.

É importante lembrar que cada prática possui a sua forma de atuar e suas vantagens singulares. Desse modo, em primeiro lugar, o terapeuta deve fazer uma entrevista com o paciente, saber o que ele procura, o motivo, o que sente, suas dificuldades, etc. Portanto, somente após essa análise completa é possível concluir quais são os recursos, técnicas e ferramentas dos aspectos que deverão ser trabalhados.

Ressaltamos que a maioria das práticas holísticas e integrativas atuam no sistema energético do indivíduo para equilibrar o seu campo vibracional. Sendo assim, envolve os chakras, aura, espírito e os chamados corpos sutis. Mesmo com as técnicas de Yoga, que trabalha o nível físico, também é promovido um equilíbrio energético e emocional. Além disso, existe um crescimento no nível espiritual.

 

Consulte-se hoje mesmo em nosso site, mais de 50 profissionais disponíveis para solucionar as suas dúvidas. 

 

Conheça os principais tipos de terapias holísticas

Listamos abaixo os principais tipos de terapias holísticas para que você as conheça melhor. Confira:

 

Acupuntura

Uma técnica médica que usa a inserção de agulhas na superfície do corpo para equilibrar e harmonizar a energia interna do organismo com as energias do ambiente. Usa-se essa terapia para tratar dores, doenças e, também, como forma de prevenir enfermidades.

 

Aromaterapia

Também conhecida como terapia do olfato, esse tipo de terapias holísticas faz uso de óleos essenciais 100% puros. Afinal, o objetivo é equilibrar a saúde física, mental, emocional e espiritual do ser humano.

 

Cromoterapia

Chamada também de terapia das cores, ela faz uso da frequência luminosa para conseguir equilibrar os sentimentos e emoções. Portanto, harmoniza a saúde física, mental, emocional e espiritual de uma pessoa.

 

Fitoterapia

É também conhecida como terapia das plantas. A sua técnica engloba o tratamento de doenças e a recuperação da saúde a partir do uso das plantas. Isso porque as preparações fitofarmacológicas e dos medicamentos fitoterápicos são a base de plantas.

 

Terapia Floral

É a terapia do autoconhecimento, afinal, ela se baseia em compostos energéticos que são chamados de essências florais. Normalmente, são indicadas para o equilíbrio ou controle das emoções.

 

Homeopatia

É um sistema das terapias holísticas que trabalha a totalidade do ser humano. Porém, por meio de estímulos energéticos provocados pelos remédios homeopáticos, com o objetivo de reequilibrar a energia vital dos pacientes.

 

Meditação

Essa é uma prática que leva o ser humano a voltar-se para dentro de si. Portanto, o ajuda a conectar-se com a pura energia, com a consciência cósmica. Podemos dizer que é um estado de presença no aqui e agora.

 

Reiki

Uma técnica terapêutica que usa a manipulação de energia com a intenção de cura. Afinal, o seu propósito é harmonizar a energia vital que circula em um paciente.

 

Apometria

Esse é um conjunto de técnicas e princípios que tem a intenção de tratar, harmonizar e favorecer a consciência dos múltiplos aspectos que movimentam as energias humanas.

 

Constelação Sistêmica Familiar

Essa é uma técnica terapêutica inovadora, que usa ferramentas de reposicionamento das constelações familiares. Portanto, faz parte da psicanálise e do psicodrama.

 

Musicoterapia

A musicoterapia é uma técnica que usa a música e os seus elementos, como ritmo, melodia e harmonia, para tratar os pacientes. Uma forma eficaz de melhorar a sua saúde e qualidade de vida. É um procedimento que usa diferentes instrumentos para entender os sons e usá-los para expressar as emoções.

 

Reflexologia

Uma prática terapêutica simples, mas que faz parte da medicina natural, holística, integrativa e complementar. Ela é, de modo geral, uma forma de promover o bem-estar do organismo, eliminando a dor do paciente que está sendo tratado.

 

As terapias holísticas mais usadas no Brasil

Como você já percebeu, são diversos tipos de terapias holísticas. As mais usadas no Brasil são:

·         Reiki;

·         Acupuntura;

·         Florais;

·         Massoterapia;

·         Shiatsu;

·         Reflexologia;

·         Bioenergética;

·         Yoga;

·         Tai-Chi-Chuan;

·         Cromoterapia;

·         Fitoterapia;

·         Acupuntura sem agulhas;

·         Meditação;

·         Aromaterapia;

·         Musicologia;

·         Outras.

 

Os benefícios das terapias holísticas

Várias das técnicas das terapias holísticas ajudam pessoas a aliviarem o estresse físico e emocional. Além disso, ajudam na insônia, depressão, síndrome do pânico, distúrbios de bipolaridade, TPM, problema de ansiedade, enfermidades autoimunes, fibromialgia, dores no nervo ciático, dores na coluna, pernas, braços, joelhos, ombros e outros. Além disso, auxilia na concentração, dificuldade nos relacionamentos, no emprego e outros.

Entendemos que o corpo “fala” expondo dores e emoções. Portanto, as terapias holísticas usam o poder para desenvolver seu trabalho em relação ao auxílio que dará ao paciente para a sua necessidade. O intuito é que ele vença essas situações desafiadoras e retome o seu equilíbrio.

Dessa forma a pessoa passa a ter controle de sua própria vida, com mais saúde, equilíbrio e prosperidade. Portanto, facilita o paciente a ajudar o outro, por estar forte, curado e mais centrado.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, OMS, a saúde é um estado completo do bem-estar físico, mental e social. Portanto, não é somente a ausência de enfermidades.

Dessa forma, faz-se necessária a conscientização da importância da prevenção e manutenção da saúde. Mas antes que haja qualquer tipo de doença. As terapias holísticas agora são recomendadas pela OMS como práticas terapêuticas, de essencial importância, sendo um modelo de medicina preventiva.

No Brasil, o SUS disponibiliza ao público alguns tipos de terapias holísticas. Uma forma de dar acesso a todos a essas práticas repletas de benefícios.

 

As terapias holísticas no SUS

Há algumas práticas de terapias holísticas que estão disponíveis no SUS como forma alternativa de tratamento. São elas:

·         Reiki;

·         Medicina tradicional chinesa;

·         Acupuntura;

·         Fitoterapia;

·         Massoterapia;

·         Homeopatia;

·         Reflexologia;

·         Cromoterapia;

·         Musicoterapia;

·         Outras.

O intuito das terapias holísticas é o de transformar a vida dos pacientes, propiciando saúde, bem-estar e prosperidade. Mas tudo isso a partir de uma nova consciência evolutiva, obtendo paz, equilíbrio, autoconhecimento e desenvolvimento pessoal. Portanto, levar aos indivíduos serenidade, bem-estar, clareza mental, paz, confiança, perseverança, esperança, motivo para ter fé, segurança, amor e luz.

 

Conclusão

As terapias holísticas procuram fazer o tratamento de forma integral no ser humano. Afinal, os serviços de saúde e os planos terapêuticos também passam por uma revolução. Isso porque o paciente passa a ser visto como um todo e não como parte fragmentada.

Sendo assim, há uma conexão entre as áreas da saúde e as equipes interdisciplinares para ganhar força no cuidado com o paciente. Dessa forma, o tratamento passa a ser integral e continuado.

A maioria dos componentes das terapias holísticas possui raízes na medicina oriental, pois trazem consigo o conhecimento prático e científico. A base são técnicas de relaxamento, alívio dos pontos de gatilhos, manipulação de energias e mudanças de hábitos de vida. Quando essas técnicas são unidas aos tratamentos convencionais, há resultados positivos e muitas vantagens para o corpo do indivíduo.

Cada uma das terapias holísticas possui suas singularidades e nuances. Porém, todas apresentam benefícios extraordinários, agindo de forma distinta em cada paciente. No entanto, há um ponto comum que as une: a fundamentação do Holismo, compreensão do ser humano é multidimensional.

A compreensão de cada pessoa é única, o cuidado para alcançar todos os benefícios fundamentais de cada terapia constitui para que o paciente gere saúde, tranquilidade e qualidade de vida.

A maioria dos tratamentos são pagos. Mas como visto ao longo do material, há técnicas que estão disponíveis pelo SUS. Essa é uma forma de proporcionar a todos, especialmente para quem não possui a condição financeira para arcar com o tratamento, ter acesso a esse tipo de terapia. Uma maneira eficaz de complementar diversos tratamentos.

 

 Conselhos do Bem Online | www.conselhosdobem.com.br

 

 

Próximo Artigo Ver Todos os Artigos
Conselhos do Bem utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação Saiba mais »