Consultores Disponíveis Agora

Abraão Sensitivo

Sensitivo, Numerologia Pitagórica e Cabalística, Tarot e Baralho Cigano.

Alanis Taróloga

Sensitiva, Tarot Mitológico, Tarot de Rider Waite, Oráculo das Deusas e ThetaHealing.

Alyra

Mediunidade Intuitiva e Baralho Maria Padilha

Amabel

Vidência, Cartomancia, Tarot e Baralho Cigano.

Anahy

Visão Intuitiva e Baralho Cigano.

Aradia

Psicanalista, Terapeuta Reikiana, Médium Sensitiva, Tarot de Osho, Tarot das Bruxas, Baralho Cigano, The Good Tarot

Atena Taróloga

Intuitiva, Tarot Smith Waite e Lenormand (Baralho Cigano).

Bento

Vidente, Baralho de Dona Maria Padilha e Sr. Zé Pelintra, Tarot de Marselha, Petit Lennormand, Tarot de Waite, Tarot Mitológico

Carlos de Ogum

Terapeuta Integrativo, Sensitivo, Búzios, Cartomancia, Baralho Cigano, Leitura Vibracional e Limpeza Energética.

Castiel

Tarot de Marselha, Tarot de Aleister Crowley (Tarot de Thoth) e Tarot de Rider Waite.

Celina

Pedagoga, Numeróloga, Tarot, Baralho Cigano e Pêndulo.

Cigana Anita

Percepção Mediúnica, Tarot e Baralho Cigano.

Cigana Kaline

Clarividente, Sensitiva, Psicanalista, Baralho Cigano e Mesa Radiônica Psicogerador.

Cigano Higor

Bola de Cristal, Búzios e IFá, Baralho da Cigana Sete Saias, Tarot dos Oceanos, Dadomancia e Espelhos de Oxum e Yemanjá

Evelin

Sensitiva, Taróloga, Terapeuta, Aromaterapia clínica, Astrologia, Tarot de Rider Waite Smith

Felícia Cigana

Psicanalista, Tarot Mitológico e Tarot de Marselha.

Genaro Vidente

Vidente, Numerólogo, Baralho Cigano, Tarot Adivinhatório e Tarot Adivinhatório.

Liohnel

Terapeuta Holístico, Coach, Leitura de vidas passadas, Tarot do Amor, Tarot Rider Waite, Tarot transcendental de Osho

Madalyna

Vidência, Astrologia, Numerologia Cabalística, Baralho Cigano, Oráculo da Deusa, Oráculo de Belline, Pêndulo de Cristal.

Últimos Artigos

O Amor e a Realidade

  • Hoje você se considera feliz no amor?

  • Quais coisas do dia a dia podem/poderiam afetar seu relacionamento?

  • Como você lida com diferenças de valores e hábitos do/a seu parceiro/a?

  • O que é ser autêntico para você? 

  • Quais são seus valores mais importantes?

  • Você tem um valor inegociável? O que não abriria mão?

 

Você acha que o amor basta e que o amor supera tudo? Seja qual for sua resposta, isso é só uma crença. Não é negativismo ou pessimismo, estamos falando apenas sobre o fato de que você pode ter a crença que o amor poderá e deverá superar tudo e isso irá apenas te colocar em situações para validar isso.

Mesmo o amor mais bonito do cinema acontece em um contexto geográfico onde as pessoas trabalham, estudam, vivem, pagam contas, administram problemas e têm outras prioridades além do amor romântico. Aqueles que não sabem manejar os detalhes práticos da vida cotidiana frequentemente veem a admiração e o amor naufragarem em menos de um ano de relacionamento - ou ainda antes do amor se tornar um relacionamento.

Uma pessoa que sonha demais e não vive o cotidiano pode se perder na ilusão ao acreditar a pessoa amada também está apenas vivendo um ciclo amoroso, quando na verdade, está ocupada pensando em outras coisas. Você já se percebeu esperando muito do outro e considerando que não recebe nada ou muito pouc, quando comparado ao esperado?

Pequenos problemas, como preferências alimentares ou estilos musicais, podem ser conciliados. Porém, valores pessoais expressos em condutas de vida, religiosidade, posições políticas, hábitos familiares e pessoais podem transformar-se em grandes infernos na vida do casal. Durante a fase de paquera, isso passa despercebido. Na fase do namoro, esses aspectos muitas vezes passam despercebidos, pois cada um volta para sua casa no fim do dia. Mas, na hora de enfrentar fases mais difíceis, como abalos financeiros, nascimento de filhos ou doenças na família, as diferenças podem revelar problemas graves. O tempo, infelizmente, não resolve diferenças fundamentais.

Sigmund Freud, o pai da psicanálise, afirmou que "onde quer que vá, o seu ego irá consigo". Esta frase nos lembra que a convivência diária traz à tona aspectos profundos de nossa personalidade que, quando não compatíveis, podem causar conflitos.

 

Felicidade Condicionada

  • Quando você acha que vai ser feliz?

  • O que te falta? 

 

Quando uma pessoa pensa sobre o que a faz feliz, tende a se concentrar nas coisas que deseja vivenciar ou possuir. Insatisfeita, acaba condicionando a própria felicidade ao que falta ou à realização de alguma meta: "serei feliz quando..." ficar rico, emagrecer, casar, ter determinada coisa, etc. Esse "quando" adia nossa felicidade para um futuro incerto que pode não acontecer.

Além disso, alcançar o que se deseja aumenta a felicidade momentânea, mas, após um tempo, nos ajustamos e voltamos ao nível anterior de felicidade. Como disse o filósofo Sêneca, "A verdadeira felicidade é... aproveitar o presente, sem depender ansiosamente do futuro". Agir em direção a metas e objetivos e aprender a apreciar a jornada aumenta a felicidade mais do que simplesmente atingir esses objetivos e metas.

Manter o pensamento no futuro tira o foco do que realmente importa: a vida está acontecendo agora. Devemos procurar a felicidade com as possibilidades que temos, fazendo o que podemos a partir deste momento.

Anote isso dentro de seu coração e mente: Fique com alguém que te faça feliz, começando por ser essa pessoa para você mesmo.

 

A Felicidade Interior 

  • O que faz verdadeiramente você se sentir feliz por dentro?

  • Como você pode depender menos dos outros para se sentir completo?

  • De que maneiras você pode se conhecer e se valorizar mais?

 

A verdadeira felicidade começa dentro de nós mesmos e isso eu tenho certeza que você já ouviu por aí. Mesmo assim, muitas vezes, colocamos nossa felicidade nas mãos dos outros, esperando que alguém preencha nossas "faltas". A verdadeira alegria vem de se conhecer, se aceitar e valorizar quem somos, pois apenas isso irá fazer com que estejamos abertos a receber. Quantas vezes alguém tenta nos amar ou valorizar, mas por estarmos tão imersos em crenças e dinâmicas acabamos não enxergando essas pessoas como possibilidade real?

Quando cultivamos a felicidade interior, nos tornamos menos dependentes de fatores externos para nos sentirmos completos. Isso não significa que não precisamos de relacionamentos, mas que nossa felicidade não deve depender exclusivamente deles. Relacionamentos saudáveis são uma extensão de nossa felicidade interior. Mas eles só nos alcançam quando estamos realmente aberto a vivenciá-los, sem crenças antigas nos atrapalhando ou cobrindo nossa visão.

Pode parecer exagero, mas eu mesmo já vivi isso. Muitas vezes não vendo pessoas legais e só enxergando as "trastes". Isso já aconteceu com você? É como se só pessoas ruins te enxergassem, mas o que acontece é que você talvez so enxergue elas, e isso não significa que as boas e prontas não estejam lá! 

Quando estamos bem conosco, somos capazes de escolher e enxergar parceiros que realmente nos valorizam e nos fazem bem. Esses relacionamentos são baseados em respeito mútuo, apoio e crescimento conjunto, mas não são a única fonte de nossa felicidade: isso é importante lembrar!

Aristóteles, um dos maiores filósofos da história, dizia: "A felicidade depende de nós mesmos". A felicidade é um estado de espírito que deve ser cultivado diariamente, independentemente das circunstâncias externas. Quando somos felizes por conta própria, atraímos pessoas que contribuem para nosso bem-estar.

Hoje, você pode estar preso/a em uma crença que gera uma dinâmica onde você só enxerga pessoas que não buscam um relacionamento saudável. Conselho mais útil do dia: descubra essa crença e trate-a da forma certa. Pois isso prejudicará você pra sempre, em todas as áreas de sua vida.

 

Vivendo um Relacionamento Saudável

 

  • Como você pode começar a reconhecer e trabalhar seus medos, crenças e inseguranças?

  • O que significa para você ser autêntico com seu parceiro?

  • Como você pode equilibrar suas necessidades individuais com as necessidades do relacionamento?

  • O que você pode fazer para manter um senso de novidade na sua vida? E no relacionamento?

  • Você se sente livre para ser você mesmo?

  • Como você pode ser mais vulnerável e construir confiança com seu parceiro?

  • Como você pode apoiar os sonhos e objetivos do seu parceiro?

  • O que você pode fazer para melhorar a comunicação aberta e honesta com seu parceiro?

 

A verdadeira essência de um relacionamento saudável é a liberdade de ser quem você realmente é. Isso pode parecer óbvio, porque estamos em constante mudança interna (ou deveríamos estar!). Mas existem valores pessoais que deveriam ser inegociáveis e isso não significa que você deve ser uma pessoa difícil e que não releva nada, mas sim que tem personalidade e valores fortes. Ninguém se encanta por pessoas maleáveis a ponto de não existirem. Pode observar: a pessoa que você gosta é alguém cheio/a de personalidade, estou errado?

Quando duas pessoas se unem, cada uma traz consigo um universo único de experiências, sonhos, medos e imperfeições. A beleza do amor está na aceitação plena de tudo isso, na criação de um espaço onde ambos se sintam seguros para mostrar suas verdadeiras faces, sem máscaras ou receios. Porém, cada um com seu próprio tempero.

Em uma relação onde ambos se sentem livres para ser quem são, há um entendimento profundo de que a vulnerabilidade é uma força, não uma fraqueza. Mostrar nossas inseguranças e falhas cria um vínculo de confiança e intimidade que fortalece o relacionamento. E daí acontece uma troca justa, onde todos ensinam e aprendem.

Liberdade no relacionamento também significa apoiar os sonhos e ambições do outro, mesmo que sejam diferentes dos nossos. Significa encorajar o crescimento individual, sabendo que o crescimento pessoal de cada um contribui para o fortalecimento da união. É essencial dar espaço para que cada um possa explorar seus interesses e paixões, sem sentir-se limitado ou julgado.

Liberdade para falar sobre sentimentos, desejos e preocupações sem medo de represálias é fundamental. Quando ambos os parceiros se sentem ouvidos e valorizados, a confiança floresce, e os mal-entendidos são resolvidos com empatia e compreensão. Mas quando uma das partes não se sente confiante em se abrir, pode abrir espaço para traição, principalmente se for com alguém que essa pessoa consegue se abrir, compartilhar coisas. Você quer trair ou ser traído? Nenhum, creio eu. Então leia de novo essa parte!

Erich Fromm, conhecido psicanalista e autor, muito admirado por mim, fala que "o amor imaturo diz: 'eu te amo porque preciso de ti'. O amor maduro diz: 'eu preciso de ti porque te amo'." Quando deixamos de tentar nos encaixar em moldes predefinidos e abraçamos nosso verdadeiro eu, permitimos que o amor cresça de forma genuína e profunda. Daí acontece algo que falo nas consultas como uma benção da espiritualidade, que é quando todo o universo passa a ver aquele casal como algo bom acontecendo. É aí que alguns relacionamentos que iniciam "errado" (por traição etc) ganham força e benção: porque a pessoa que estava ao lado não estava fazendo seu próprio papel: sendo ela mesma, fazendo uma troca útil, ensinando e aprendendo com o ser humano que está a seu lado, também conhecido como parceiro/a.

Compreenda que a verdadeira felicidade e a essência de um relacionamento saudável começam dentro de nós mesmos. Quando nos permitimos evoluir, trabalhar crenças chatas e que nos atormentam começam a surgir pessoas mais alinhadas com quem somos de verdade, passamos a cultivar nossa felicidade interior, ficamos mais preparados para construir relações boas e úteis!

Agora que finalizou a leitura, te convido a reler apenas as perguntas e refletir alguns minutos sobre suas respostas. Separe esses minutos para si mesmo sem deixar para depois. Você merece isso mais do que ninguém!

Isso irá te ajudar a se conectar consigo mesmo e rever seu próprio caminho. Sempre é possível rever os caminhos. Compreenda que a espiritualidade só quer o seu bem, sempre!

 

*Este artigo foi enviado por José Carlos - Coach Afetivo e Terapeuta Holístico, atende conosco desde julho/15 com Tarot Magia do Amor, Tarot Waite, Sibilla Italiana, Mesa Radiônica Estelar, Cartomancia e Dados para previsão datada.

Para fazer sua consulta com ele ou ver depoimentos que ele já recebeu, clique aqui

❂ Conselhos do Bem Online | www.conselhosdobem.com.br 

 

Próximo Artigo Ver Todos os Artigos
Conselhos do Bem utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação Saiba mais »