Consultores Disponíveis Agora

Abraão Sensitivo

Sensitivo, Numerologia Pitagórica e Cabalística, Tarot e Baralho Cigano.

Aisha

Psicanalista, Baralho Cigano, Baralho de Maria Padilha, Tarô de Marselha, Sinastria Amorosa e Mesa Radiônica.

Akali Cartomante

Vidente, Tarot Videntes Da Luz, Tarot Rider Waite, Tarot De Maria Padilha, Lenormand Cigano e leituras de vidas passadas.

Anderson

Tarot Rider Waite, Tarot de Toth, Runas Bruxas, Baralho Cigano, Reiki e Aromaterapia

Aquiles

Psicanalista, Terapeuta Junguiano, Astrologia, Búzios, Tarot Rider Waite, Baralho Cigano Lenormand, Dados Astrológicos, Geomancia

Atma

Terapeuta Holística, Médium Sensitiva, Numerologia, Reiki, Baralho de Maria Padilha, Dados, Runas, Oráculo da Deusa

Castiel

Tarot de Marselha, Tarot de Aleister Crowley (Tarot de Thoth) e Tarot de Rider Waite.

Celina

Pedagoga, Numeróloga, Tarot, Baralho Cigano e Pêndulo.

Cigana Kaline

Clarividente, Sensitiva, Psicanalista, Baralho Cigano e Mesa Radiônica Psicogerador.

Cigano Higor

Bola de Cristal, Búzios e IFá, Baralho da Cigana Sete Saias, Tarot dos Oceanos, Dadomancia e Espelhos de Oxum e Yemanjá

Fátima

Baralho de Maria Padilha, Baralho de Rosa Caveira, Tarot Saint Petersburg - Russian, Baralho de Maria Mulambo

Helena

Reiki I+II, Tarot Rider Waite, Baralho Cigano, Aromaterapia e Terapia com os cristais.

Hermes

Astrólogo, Coach, Tarot de Rider Waite Smith, Oráculo Jardim dos Anjos, Sibilla Italiana, Tarot Mitológico, Sinastria Amorosa.

Maryna

Sensitiva, Psicopedagoga, Const. Familiar, Esp. Emagrecimento Sistêmico, Numeróloga, Tarot de Rider Waite

Médium Aloísio

Médium, Baralho Cigano e Tarot de Marselha.

Megan

Vidência, Baralho Cigano e Runas.

Poliana

Terapeuta Holística, Clarividente, Tarot Mitológico e Baralho Cigano.

Safira Lyra

Terapeuta Holística, Consteladora familiar, Psicografia, Tarot da lua reversa, Tarot Negro, Baralho Lenormand

Taróloga Giovanna

Tarot de Waite, Runas Nórdicas, Radiestesia, Mesas Radionicas e Mapas Astrais.

Últimos Artigos

Tudo o que cada um de nós quer todo o tempo, em todas as áreas da vida, é ser aprovado, reconhecido e querido para se sentir pertencendo. E este pertencimento nos traz alegria, pois nos sentimos amados, que por sua vez é o que  significado e estímulo positivo aos nossos dias. Isso vale para todas as áreas da vida, mas quando estamos numa relação afetiva, as coisas parecem complicar mais do que o comum.

Neste artigo falaremos especificamente de relacionamento amoroso, mas as observações podem valer para qualquer tipo de relação. Passamos nossos dias vivendo e tentando controlar a nosso favor todas as resoluções e situações de vida. Mas, quando se trata de relacionamento afetivo, com frequência perdemos o controle.

Aliás, a palavra “controle” é excelente e pode começar nos ajudando a entender alguns porquês:

 

💙 Por que perco o controle em meus relacionamentos afetivos e me sinto vulnerável?

 

💙 Por que preciso controlar a situação, quando na verdade estou só com medo de ser rejeitado?

 

💙 Por que quero controlar o amor que o outro me oferece?

 

💙 Por que não suporto o controle que o outro tenta exercer em minha vida?

 

Por que em um término de relacionamento sinto falta do jogo que me fazia sofrer e que me deixava justamente fora de controle? “porquês” são infinitos quando se trata de amar e ser amado, rejeitar e ser rejeitado. Afinal, estamos sempre, em todas as relações, repelindo ou acolhendo o outro e as situações. A dualidade está em toda parte no mundo em que vivemos. Ou é “não” ou é “sim”. Ou é bom ou é ruim. Ou gostamos ou não gostamos. Ou queremos ou não queremos. Quando fomos concebidos, o óvulo também teve que acolher o esperma para só assim começar a se criar a vida. Mas, para escolher um, teve que rejeitar muitos outros. Portanto, essa condição deveria ser natural para nós. COMO VOCÊ LIDA COM A REJEIÇÃO? COMO O OUTRO LIDA AO SER REJEITADO POR VOCÊ?

Mas, então, por que todas as vezes que encaramos um “não” entramos em crise? Ser rejeitado costuma causar em nosso sistema de defesa um descontrole de nossas emoções. E pelo medo de entrar neste sofrimento é que desenvolvemos essa necessidade de controlar absolutamente tudo: até o que o outro sente ou faz.

Quase sempre exigimos que a pessoa seja da forma que achamos correta, sem nos dar conta do que sentimos ou fazemos em função do medo de não sermos amados.

O medo nos aprisiona numa única ideia de conquista a qualquer preço. E inúmeras vezes nem amamos de verdade, só queremos provar para nós mesmos que somos irresistíveis e irrecusáveis.

O medo nos aprisiona numa única ideia de conquista a qualquer preço. E inúmeras vezes nem amamos de verdade, só queremos provar para nós mesmos que somos irresistíveis e irrecusáveis.

Quem ousa a nos dizer “não” é odiado , castigado e muitas vezes torturado – nem que seja só no pensamento. Mas, na verdade, somos nós que perdemos tempo e energia com este comportamento quase obsessivo, querendo provar algo que na verdade devemos carregar dentro de nós: a autoestima inabalável. Nada importa, só a certeza de que somos sempre merecedores do melhor e que não podemos controlar o outro, só a nós mesmos

Os estragos que a rejeição comete são infinitos, pois um único registro disso ou uma pequena falta de respeito registrada na infância pode se perpetuar e se reeditar durante toda a nossa vida adulta. Por esta razão, eu aconselho você a responder a si mesmo os “porquês” acima e tentar sinceramente aceitar que o problema de ser rejeitado ou amado está na maneira como você julga a situação que viveu ou está vivendo.

Olhe com atenção, deixe o comportamento de vítima de lado por algum tempo. Observe que todas as situações são, na verdade, neutras. Nós é que as colorimos com nossas emoções. Por esta razão, cada pessoa tem sua opinião própria sobre uma situação. Entenda que o que você reconhece em alguém é o que está dentro de si mesmo, e é só por esta razão que consegue ver determinado aspecto no outro. Tente digerir estas informações e faça uma auto investigação sincera. Escolha ser feliz e deixe para trás os sofrimentos vindos da necessidade de controlar tudo.

Aceite o que a vida lhe propõe, sem manter a ilusão de que pode controlar tudo em sua existência.

Relaxe, sinta-se merecedor e perceba que as coisas acabam acontecendo da mesma forma, quando não temos mais o controle ou a falsa sensação de controle, perceba que aquela pessoa que você tenta controlar e fazer com que tudo aconteça do jeito seu, acabará acontecendo da forma do outro e que isso pode ser muito bom para você. Você pode se surpreender! 💙

Você pode estar antecipado(a) dos acontecimentos e evitar algumas situações em sua vida consultando o Tarot e ver as próximas situações que acontecerão em sua vida. Veja clicando AQUI quem são os profissionais em DESTAQUE do nosso site

 

Próximo Artigo Ver Todos os Artigos
Conselhos do Bem utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação Saiba mais »